FANDOM


{{
{{{1}}}
―{{{2}}}
==Usage instructions==
 {{Quote |quote |attribution |source }} 
===Notes=== *If any text is assigned to the source field, it will be rendered as a browser tooltip *Taken from Template:Quote from Wookieepedia, the Star Wars Wikia }}/pt-br/wiki/$1
Campeão História e Desenvolvimento Estratégia Skins e Curiosidades

História

Rengar Render
Em cada parede de sua caverna, o caçador de troféu Rengar encena as cabeças, chifres, garras e presas das criaturas mais letais de Valoran. Apesar da sua extensa coleção, ele continua insatisfeito, buscando incansavelmente um passatempo maior. Ele leva tempo em cada morte, estudando sua presa e aprendendo e se preparando para o próximo encontro com o monstro que ele nunca conseguiu derrotar. 

Rengar nunca conheceu seus pais verdadeiros, mas foi criado por um humano que era reverenciado como um caçador lendário. Ele era um pupilo ideal, atentamente absorvendo as lições de seu pai, e melhorando-os com os seus misteriosos instintos selvagens. Antes que sua juba houvesse crescido inteiramente, Rengar partiu sozinho e reinvindicou um amplo território para si. Ao longo de seu perímetro, espalhou os crânios de suas presas mortas - um aviso para supostos agressores. Ele pensou que o reinado incontestável de uma região iria satisfazê-lo, mas em vez disso, ele começou a ficar inquieto. Nenhum animal em seu domínio provou ser uma presa desafiadora. O espírito de Rengar decaiu. Ele temeu que nenhum jogo que valesse a pena sobraria, e que ele nunca sentiria a emoção da caçada novamente. Justo quando as coisas pareciam mais sombrias, ele encontrou o monstro. Foi uma coisa perturbadora, estranha. claramente deslocada de seu mundo. Ele perfurou com suas enormes garras de foice e devorou ​​qualquer animal que cruzou o seu caminho. Superzeloso com a perspectiva de um desafio, Rengar emboscou o monstro com rapidez. Isto foi muito ultrapassado a tudo que ele havia caçado antes. Sua luta foi selvagem e sofreram ferimentos incapacitantes. Rengar perdeu um olho, mas o golpe mais doloroso era o seu orgulho. Ele nunca havia falhado em matar. Em situação pior ainda, a severidade de seus ferimentos forçaram ele a recuar. Ao longo dos dias seguintes. Ele ficou no limite entre a vida e a morte. Ele ficou afundado em dor, mas abaixo dela, ele sentiu um vislumbre de alegria. A caçada começou. Se tais seres poderosos existiam no mundo, ele iria encontrá-los, e empilhar suas cabeças erguidas. O monstro, porém, foi uma morte que ele queria saborear. Na maior parede da sua caverna, ele reserva um espaço para a cabeça da fera, um troféu, que ele jura que um dia será a peça central de sua coleção.

Ataque os mais fracos e você sobreviverá, ataque os mais fortes e você viverá."
Rengar
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.