FANDOM


Campeão História e Desenvolvimento Estratégia Skins e Curiosidades
BrandSquare.png Brand
a Vingança Flamejante
Gênero
Raça
N/A
Humano possuído por
uma força desconhecida
Residência
Facção
O League of Legends
Independente
Aliados

EmptySquare EmptySquare EmptySquare

Rivais

RyzeSquare AniviaSquare LissandraSquare


Brand Render
Em um lugar distante conhecido como Lokfar, havia um ladrão dos mares chamado Kegan Rodhe. Como era o costume de seu povo, ele navegava para lugares distantes e remotos com seus companheiros, roubando tesouros daqueles que tinham o azar de cruzar seu caminho. Alguns o consideravam um monstro; outros, apenas um homem. Certa noite, enquanto estavam navegando por mares árticos, luzes estranhas apareceram sobre as ruínas congeladas. Havia algo de hipnótico nelas; e eles não puderam evitar de ir em sua direção, assim como mariposas atraídas pelo fogo. Caminhando pelas ruínas congeladas, encontraram uma caverna cheia de runas antigas. Eles não sabiam o que elas queriam dizer, então Kegan os guiou pela caverna. Dentro dela havia uma jaula de gelo contendo uma coluna de fogo que queimava como se estivesse dançando. Não havia como aquilo estar queimando, ainda mais em um lugar como aquele. Mas seu movimento era hipnótico como o canto de uma sereia, cativante e sedutor. Enquanto os outros não se moviam, Kegan não se conteve e se aproximou estendendo a mão... Esta é a última coisa que Kegan Rodhe se lembra, já que agora seu corpo pertence a Brand. Ele é uma criatura de tempos antigos, que talvez até tenha sofrido com as Guerras Rúnicas, e é conhecido em textos antigos como Vingança Flamejante. Uma criatura de puro ódio que queima com o único objetivo de devastar o mundo dos homens e yordles. Ninguém sabe ao certo como Brand encontrou Valoran, mas ele logo começou suas depredações. Dominado pelas forças demacianas, ele teve duas opções: lutar na Liga ou morrer. Ele então decidiu usar seus poderes destrutivos na Liga, por enquanto...

BrandSquare

"Este lugar vai queimar, não pelas cinzas que voam ou o sopro do vento, mas pela vingança feita com minhas mãos."


O Julgamento da Liga

Candidato: Brand
Data: 8 de Abril, 21 CLE
OBSERVAÇÃO

As florestas queimam, ardendo com a luz do sol. Um ser sozinho esta de pé no meio do incêndio, se divertindo com o calor escaldante. Fazia tanto tempo desde que ele queimou, tanto tempo desde que ele viu o mundo se desintegrar em cinzas sob o seu poder

Isto é êxtase

Ele surge das chamas. Ele consegue sentir aquilo por perto, lá naquela colina, há vida. As pessoas se desesperam vendo a fumaça do seu inferno. Daqui a pouco, eles também irão receber seu presente de renovação

"Pare, em nome do Reino de Demacia!"

Ele vira. Um homem alto com armadura se aproxima. O cavaleiro ergue sua espada, preparado para atacar caso precise. Este homem logo descobrirá que ele precisará.

O homem é acompanhando por uma mulher loira. A armadura dela é parecido com a do homem. Ele consegue dizer que, pelo seu bastão, ela é uma maga ou coisa parecida. Ele decide que ela terá que ser a primeira.

Então, uma outra presença aparece das sombras. Este, usa uma capa com o seu rosto escondido dentro de um capuz. A costura é diferente a dele, mas ele consegue reconhecer sua natureza arcana. Ele decide que a garota terá de esperar

Ele vira e solta uma rajada de fogo da vingança na figura encapuzada. Mãos se erguem para fora da capa, preparando uma magia. Uma luz transparente bloqueia as chamas, direcionando elas para cima sem nenhum dano

"Este é meu último aviso. Venha em paz ou sofra as punições!"

Ele decide que as vozes vindas da boca do homem de armadura não irão lhe causar problemas. Ele se vira e invoca um pilar de fogo no homem parado. Novamente, uma luz transparente impede seu sucesso.

Então, trevas...

REFLEXÃO

Ele acordou. Ele estava deitado em um chão feito de luz, descendo de cima. O chão era suave, mas ele não sabia dizer se aquilo era para seu conforto ou se seria a sua prisão. Enquanto isso, sua mente vagou pelas memórias, para um lugar muito doloroso no passado:

Eles tinham conseguido, de algum jeito, o algemar. Ajoelhado ali em uma caverna de gelo, os bárbaros de cabelos compridos gritavam palavras que ele mal entendia. No entanto, a cela de gelo ritualisticamente colocada no centro da caverna disse para ele tudo que ele precisava saber sobre seu destino. Ele se esforçou para se libertar das correntes místicas que o prendiam, mas não adiantou. Ele gritou, gritou e gritou, tentando atrapalhar a concentração dos bárbaros, mas também não adiantou.

Ele só podia esperar enquanto eles o arrancavam de sua vida mortal e o trancavam na cela. Então, sem nenhum palavra, os bárbaros pegaram suas coisas e se foram. Ele estava sozinho, e ia ficar assim por mais milhares de anos.

Ele gritou com raiva e sua mente o arremessou de volta para o presente, mais uma vez englobado em luzes.

"Então, você pode ser contido de uma forma mais permanente."

Ele se virou, tentando, imediatamente, queimar o dono da voz. No entanto, sua chamas efervesceram em nada nos cantos do círculo de luz. Ele tentou pular pra perto da voz, mas uma força o bloqueou. Derrubado de novo ao chão, ele espreitou os olhos para ver se ele conseguia penetrar nas trevas.

"Este ritual não irá adiantar em nada, feiticeiro. Seu poder não irá me prender para sempre."

Uma figura apareceu das trevas, era de novo o mago encapuzado da floresta.

"Nós dois sabemos que isto não é verdade."

Por outra vez, sua mente ficou desalojada do presente, viajando de volta para um tempo antes de que os bárbaros do gelo tinha o aprisionado. O corpo que ele estava era diferente, igual ao do povo das fazendas dessas terras. Mas ela ainda queimava.

A cena diante dele teria parecido com o apocalipse para qualquer mortal que estivesse observando. Mas para ele, era uma imagem de beleza absoluta. A zona rural tinha se reduzido a cinzas negras. Os campos de árvores eram nada mais do que tocos e troncos incinerados. Os ossos carbonizados dos agricultores e dos animais pontilhavam a paisagem, acompanhado com os restos das armaduras dos guerreiros que tinham futilmente tentado parar seus desejos.

O sentimento que brotou dentro dele podia apenas ser chamado de profunda satisfação.

Novamente, o presente, a luz.

"Você é uma criatura de destruição."

Sabendo que a violência não iria mais funcionar, ele se sentou com as pernas cruzadas no chão de luz e invocou suas chamas para brincar envolta de seu corpo ainda mais brilhantemente.

"Eu sou uma criatura de fogo inacabável. Eu sou uma criatura que queima o que precisa para dar caminho para o que eu quiser. Eu sou uma criatura nascida para renovar o mundo."

O feiticeiro começou a andar, circulando sua cela.

"Você e eu temos muito a falar nos dias e semanas que virão, então no momento, vou me concentrar no principal. Nós não podemos permitir que você perambule livremente. Você é claramente muito perigoso para isso. Então eu lhe ofereço uma escolha."

Cansado da voz do feiticeiro atrás dele, ele se levantou para acompanhar a voz dele. O feiticeiro continuou.

"Você tem duas opções. Você pode escolher ser arrancado do corpo que se encontra e ser aprisionado eternamente ou você pode escolher em permanecer sob nosso controle e lutar em competições onde sua habilidade terá uso. Este será a coisa mais próxima de liberdade que você terá. E não estamos abertos a negociações."

Nenhuma das opiniões lhe agradavam.

"Essas competições, feiticeiro, o que são elas?"

"Você iria lutar no League of Legends, batalhando contra campeões para resolver nossos conflitos em um campo de guerra."

Ele pensou por um momento, antes de sentar no chão novamente.

"Eu preciso pensar em sua oferta, feiticeiro."

O homem encapuzado desapareceu novamente pelas sombras

"Eu não sou feiticeiro algum. Você irá me chamar por um nome, Invocador. Como eu devo lhe chamar?"

"Eu sou conhecido por vários nomes," ele respondeu. "Mas agora, nesse seu League of Legends, eu acredito que Brand servirá."

E então, ele estava sozinho, dado espaço para pensar. No entanto, não tinha nada para se pensar. Uma coleira era muito melhor do que uma eternidade numa cela.

Desenvolvimento


Champion Sneak Peek

  • Anúncio feito pelo ByronicHero em 4 de Abril de 2011:
Brandpromo

Brand sneak peak.

Brandpromo*
 Brand sneak peak aqui na Riot Games. Nós estivemos queimando em antecipação para contar a vocês sobre o próximo campeão, e isso não é apenas fogo de palha! Se você alguma vez já foi queimado por críticas após ter deixado uma vela acesa sem cuidados, esqueceu de desligar o forno do fogão, ou até mesmo utilizou fogos de artifício exageradamente no calor do momento com o entusiasmo, ele com certeza vai acender uma faísca do seu interesse. Comece a esquentar seu ânimo para com o Brand, a vingança flamejante. Ele está sempre em chamas e com certeza vai atrair o interesse de todos os conhecedores sobre combustão afora como uma mariposa em chamas. Eu já mencionei que ele está em chamas?
  • Em inglês, brand new promo seria promoção nova (bem nova). O ByronicHero utilizou Brandpromo para fazer um trocadilho juntando a expressão com o nome do campeão.

Icones Antigos

Labareda pre 6.9 Passiva

Cauterizar pre 6.9 Q

Pilar de Chamas pre 6.9 W

Conflagração pre 6.9 E

Piroclasma pre 6.9 R

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.